Categoria

Fuga da escola: como evitar?

Um dos locais usados para fugir da escola. Simulação feita por um aluno.
Fotos: Franciely Santina Machado
Reportagem

Há aproximadamente três anos acontecem fugas de alunos da Escola Maria da Glória, em Biguaçu, durante o horário das aulas. No entanto, até a agora não foi tomado nenhum procedimento para impedir esse tipo de indisciplina.

Com o objetivo de entender melhor esse problema e encontrar uma possível solução, conversamos com professores, com alunos e com a direção da escola sobre esse tipo de ocorrência.

Dos alunos que foram entrevistados, todos já haviam pulado ou conhecem alguém que já praticou esta ação. Perguntamos por que eles faziam isso e praticamente todas as respostas foram iguais, como: falta de interesse pelas aulas e a falta de professores para adiantar as aulas vagas. Por isso eles acabam ficando sem ter o que fazer no colégio.

Saída para a rua Frederico Bunn. 
Tela de proteção danificada e apoio para subir no muro.
Para os educadores do Maria Glória, um dos motivos é a falta de professores e a excessiva carga horária. Muitos deles acabam ficando doentes e assim facilita para que os alunos pratiquem esse ato com tanta frequência. Os professores acrescentam também que há falta de funcionários para auxiliarem e monitorarem as dependências da instituição durante as aulas, os quais deveriam ser contratados pelo governo.

Simulação de fuga pelo muro para a rua Frederico Bunn.
Já a direção da escola diz que já foi solicitado para que o muro fosse levantado e que as providências cabíveis a ela estão sendo tomadas. Quanto aos alunos que são pegos no ato, os pais são informados e se o problema voltar a acontecer o infrator ganha suspensão. O problema é que muitas vezes os alunos não são flagrados pela direção.
  
Simulação de fuga de aluno pela grade.
No entanto, nós temos visto com frequência isto acontecer e achamos que uma das maneiras que poderia resolver esse problema é colocando mais quadras, principalmente na área onde eles costumam pular, que fica atrás do ginásio poliesportivo do Maria da Glória. Durante uma das aulas tiramos algumas fotos de amigos nossos simulando como é que os alunos praticam esses atos. O interessante é que fizemos isso tudo e nem se quer fomos questionados por alguém da escola. 

Franciely Santina Machado 
Dayane Letícia Eger
Camila Izabel Pereira
Turma 3ª 03

4 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Concordo e descordo
    concordo que as aulas não são adiantadas, que ha ausência de professores de variadas matérias e que não estão sendo tomadas providencias para esse caso.
    descordo na parte que diz que tem que aumentar o muro e por seguranças para vigiar os alunos , em primeiro lugar , a função de educar vem de casa, se o aluno é indisciplinado a escola não tem nada a ver com isso, e a escola não é um presidio que tenha delinquentes que precisam ser monitorados a todo momento, se o aluno foge o problema é dele , e um dia quando ele tiver consciência ele vai saber o certo e o errado e que a escola é um ambiente publico a ser aproveitável, pena que é pouco atrativa , mai enfim , acho que as pessoas deveriam ter uma carteirinha da escola e assinarem qdo for sair , só assim os pais que tiver achando ruim , tomam maneiras diferentes de educar. A escola tem por obrigação passar o conhecimento ao aluno , e não de ensinar ele a se portar , isso é função de pai e mãe.


    Mayara Pereira De Matos 2ª 4

  1. Franzinha disse...:

    Na minha opinião a escola deveria ter um cartão com chip, esse cartão avisaria a hora em o aluno entra na escola e a hora que ele sai. E a escola também deveria ter atividades interessantes, quando algum professor faltasse, assim o aluno não iria querer pular o muro.



    Franciély Santina Machado 3ª 03

  1. Anônimo disse...:

    No que eu pude ver com as entrevistas feitas foi que o grande culpado é o governo , pois não dá recursos para a escola arrumar o muro e até mesmo fazer aulas mais dinâmicas para os alunos , não querendo tirar a culpa dos alunos e nem da escola ,por que cada um tem consciência que não pode pular o muro durando o horário de aula , ninguém é mais criança , uma das causas é a falta de professor que deixa muito espaços livres e os alunos acabam ficando sem fazer nada , e decidem pular o muro para ir embora mais cedo !
    Dayane Leticia Eger , 3°3

  1. Anônimo disse...:

    vey na boa.
    nunca pulei o muro :\
    flvv

    #brink'sbrink's :D

Postar um comentário